Interação de usuário as publicações na página oficial do facebook da Procult-UFCA

  • Postado em 24 de maio de 2019
Sem título

Por Clarice Rosane

A rede social com mais integrantes no Brasil ainda é o Facebook, criado em 2004, por alunos da Universidade de Harvard, que tinham como objetivo inicial colocar em rede os perfis dos universitários. Em 2006 rede se abriu para pessoas com no mínimo 18 anos de idade, ou cursassem nível superior. Em 2012 com a popularização da rede, atingiu a marca de 1 bilhão de usuários, tornando-se a maior rede social do mundo.

Mesmo passando nos últimos anos por diversos escândalos, envolvendo principalmente a falha com relação a segurança na privacidade das informações fornecidas pelos usuários que usam a rede, ainda assim conta com cerca de mais de 2 bilhões de perfis em todo o mundo.

A partir de então, o Facebook tornou-se não só um canal de comunicação, mas um destino para pessoas interessadas em procurar, partilhar, relacionar-se, ou aprender sobre determinado assunto, mas também, um meio de oportunidades, por ser uma ferramenta popular; fácil de usar e disponibilizar diversos recursos que podem ser utilizados por seus usuários. Tendo em vista essas ferramentas e funcionalidades, no Facebook, a Procult divulga seu conteúdo na página que possui ativa na rede social.

Na página oficial, são compartilhadas informações relacionadas a projetos e programas desenvolvidos pela Procult ou com parceiros, tais como o Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri (CCBNB), Centro Cultural Dragão do Mar, Centro Cultural Bom Jardim e Sesc Cariri, e replicagem de informações advindas de instituições culturais. Além de divulgação de editais, resultados de seleções e atividades, envolvem o conteúdo majoritário da página.

Além desse tipo de postagem, a página atua como um difusor de informações relativa ao cenário cultural em nível regional e estadual, mas principalmente da divulgação dos programas e projetos oferecidos pela Universidade no âmbito da Pro-Reitoria de Cultura. Buscando trazer mais dinamismo e conteúdo pelo facebook.

No ano de 2018, foram realizadas um total de 227 publicações, que tiveram 916 curtidas, entre os meses de abril e dezembro. O pico de curtidas e publicações foi registrado no mês de abril, com o total de 303 e 51 respectivamente. Já o mês com o índice mais baixo em publicações foi registrado em agosto, com 3 publicações e 10 curtidas.

 

Através do gráfico podemos concluir que as publicações tiveram uma continuidade nos três primeiros meses subsequentes, com uma grave baixa no mês de julho, possivelmente em virtude de ser o mês de férias da universidade, sendo assim a realização de publicação e eventos é baixa.

As variantes entre altos e baixos no número de curtidas se relacionam com os meses em que as publicações também tiveram altas ou baixas, nos três primeiros meses segue com um bom número de alcances, enquanto que em julho, agosto e setembro, tivemos uma baixa nos números. Já nos meses de outubro e novembro as Publicações e curtidas voltaram a crescer, praticamente com números iguais, e enquanto dezembro teve uma queda, em função também do baixo número de publicações realizadas.

São essas variantes entre altos e baixos níveis de curtidas, diretamente relacionadas com o número das publicações que torna possível perceber que o público que acessa a página da Procult no Facebook mantém uma frequência no acompanhamento das publicações.

NotaDigitalII

css.php